O bizarro cinema de Jan Svankmajer que inspirou Tim Burton

jan svankmajer cineasta tcheco de animação e surrealismo

Conheça o cinema de Jan Svankmajer, o cineasta tcheco citado por Tim Burton como sendo uma de suas maiores referências artística na arte da animação e do sinistro.


O poderoso chefão do cine de animação

Quando Tim Burton era criança na América, Jan Svankmajer estudava Artes na Europa. Enquanto Burton estudava Animação na Califórnia, Svankmajer produzia seu primeiro curta na República Tcheca.

Na década de 80 o cineasta tcheco realiza seu primeiro longa-metragem, o estudante americano seu primeiro curta de animação.

Dois diretores separados por um oceano e unidos pelo peculiar gosto pelo sombrio, pelo surreal e por uma criatividade sem fronteiras. 

Tim Burton com seus filmes escuros e tenebrosos ficou famoso em todo o mundo, movendo um séquito de fãs apaixonados por sua obra.

Por outro lado Jan Svankmajer alcançou a fama entre os diretores e produtores do mundo inteiro, sendo considerado no meio cinematográfico como “O Poderoso Chefão” do cinema surreal e de animação.

“Antes de dar vida a um objeto tente compreendê-lo. Use a aminação como se fosse uma mágica. Animar não significa apenas mover um objeto inanimado e sim dar-lhe vida. E mais que isso é despertá-lo para viver.”

Jan Svankmajer – Cineasta
“Meat Love” – Curta de animação de Jan Svankmajer

Não foi apenas Tim Burton que se inspirou no cinema de Jan Svankmajer, vários artistas do teatro e da animação têm o diretor tcheco como referência.

Terry Gilliam, animador de Monty Python, considera o artista tcheco sua maior influência na Animação. Os Irmãos Quay chegaram a assumir que algumas vezes copiaram Svankmajer por serem incapazes de fazer algo superior ao grande mestre.

Com uma intrigante obra que mistura animação, surrealismo, marionetes e todo tipo de objeto bizarro, Svankmajer nos leva por um alucinante mundo, onde o humor negro e o absurdo dividem cenário para falar sobre a morte, o amor, o erotismo e muitos outros temas que se tornam ironicamente surreais nas mãos deste incrível artista.

Aqui neste post você vai conhecer Jan Svankmajer em suas várias facetas; diretor, escultor, produtor, animador, poeta, roteirista… Além de assistir alguns de seus filmes mais interessantes e conhecer seus objetos mais bizarros.

Fragmento do filme “Prezit svuj zivot” de Jan Svankmajer

Quem é Jan Svankmajer?

De descendência alemã, Jan Svankmajer nasceu em Praga, capital da República Tcheca que também foi berço de um dos escritores mais influentes do século XX, Franz Kafka, autor de histórias fantásticas e surreais que estão entre as obras mais conhecidas do mundo.

Além de Kafka, outros expoentes da literatura universal como Milan Kundera e Jaroslav Hašek também nasceram e viveram na inspiradora e enigmática cidade de Praga.

jan svankmajer em seus cenarios surreais
Jan Svankmajer

Svankmajer foi uma criança que teve problemas de saúde devido à alimentação, ele simplesmente não comia. Chegou a não poder ir à escola por má nutrição. Sua mãe desesperada lhe dava remédios para abrir o apetite e certa vez enviou o filho a uma colônia de crianças para que ele aprendesse a se alimentar!

Anos depois essa temática dos alimentos fez-se presente em diversas obras do cineasta.

“Food is life” filme da série “Food” de Svankmajert

Além da comida os bonecos também fizeram parte de sua infância, e viriam a ser um referencial de sua obra artística.

Quando pequenoseus pais o presentearam com um teatro de marionetes e com esse presente Jan Svankmajer começou a soltar a imaginação. Ele criava personagens e histórias que já carregavam críticas, sarcasmo e ironias.

“Fui um menino muito introvertido, e o pequeno teatro de marionetes se tornou uma válvula de escape. Uma forma de acertar contas com os adultos e expressar as coisas que não podia dizer-lhes diretamente.”

Jan Svankmajer – Cineasta

Seus estudos foram realizados na República Tcheca, Svankmajer estudou no Instituto de Artes Industriais e nos anos 50 frequentou a Faculdade de Marionetes da Academia de Belas Artes de Praga.

A vida profissional do jovem estudante começou como diretor de teatro. Svankmajer produzia para o Teatro de Máscaras e o Teatro Negro de Praga, e posteriormente para o tradicional Teatro Lanterna Mágica onde começou a transitar pelo meio audiovisual.

jan svankmajer cineasta surrealista tcheco com suas marionetes gigantes
Jan Svankmajer com suas marionetes

Além de escrever e dirigir seus filmes Svankmajer produzia todos os objetos, bonecos e cenários de suas produções.

Muitas vezes grotescas e bizarras, e em outras críticas e cômicas, suas obras revelam sensações e sentimentos perturbadores. É impossível passar por uma de suas peças sem ser despertado para um mundo fantástico de sonho e pesadelos!

bonecos e colagem de jan svankmajer cineasta surrealista tcheco
Cenário produzido por Svankmajer

Desenhos, colagens, esculturas, uma mente de uma criatividade infinita que serviu de inspiração para os mais reconhecidos animadores do mundo e que hoje você vai descobrir aqui em detalhes.

Conheça agora a assombrosa e alucinante obra de Jan Svankmajer!

“Feche os olhos se quiser ver.”

Jan Svankmajer
jan svankmajer cineasta surrealista tcheco
Jan Svankmajer – Cineasta

A obra surreal do ídolo de Tim Burton

Svankmajer é o homem do surrealismo crítico, com uma obra carregada de imagens e situações que nos incitam a uma reflexão sobre nós, sobre as relações que participamos e o sistema que estamos inseridos.

O ídolo de Tim Burton produziu mais de 30 filmes, sendo 5 longas-metragens. Além de diretor ele é escultor e designer e produz todos os objetos e cenários utilizados em seus filmes.

Suas produções discorrem sobre temas como; o absurdo, o humor negro, a falta de comunicação, o sexo, o terror, a decomposição e a morte. E dentro desta temática observamos certa obsessão do cineasta com estes jogos psicológicos entre a realidade e a fantasia, entre o erotismo e o humor negro, e obviamente, uma fascinação pelos objetos, sobretudo os de uso cotidiano.

jan svankmajer cineasta surrealista tcheco e seus bonecos de comida
Personagens do filme “Food” de Svankmajer

“Sou autor de apenas um filme e de apenas uma escultura. Minhas obsessões são as mesmas, sempre. O que faço é criar distintas variações de histórias, que giram em torno dos mesmos temas.”

Jan Svankmajer – Cineasta

O surrealismo é sua linguagem e pano de fundo para suas histórias incríveis. Personagens que nos deixam perplexos diante da forma forte e incisiva com que constroem narrativas mudas e poderosas, que impactam nossa forma de ver o mundo.

Svankmajer é participante assíduo do Grupo de Artistas Surrealistas de Praga desde 1969. Como grande parte dos artistas surrealistas do século passado Svankmajer teve sua obra censurada.

Na década de 70, durante o governo comunista em seu país, suas produções foram consideradas subversivas e o cineasta foi proibido de exibir seus filmes. Durante o período de censura, Svankmajer se dedicou a a outros projetos autorais como conta a seguir:

“A censura na década de 70 não foi uma tragédia. Usei esse espaço de tempo para trabalhar outros projetos como a escultura, litografias… para escrever e desenhar.”

Jan Svankmajer – Cineasta

Suas produções estão carregadas de mensagens subliminares e de certa dose de comédia, sempre com o absurdo permeando as narrativas.

No longa-metragem “Little Otik” (Pequeno Otik), produzido no ano 2000, Svankmajer recria um conto de fadas tcheco em que um casal que não tinha filhos adota um toco de árvore, que ganha vida e se torna um assassino.

No curta-metragem “Lunch” (Almoço)  de 1992 que faz parte da série “Food” (Comida) a história se passa em um restaurante onde dois clientes, depois de serem ignorados pelo garçom começam a comer tudo que veem pela frente; pratos, garfos, guardanapos e xícaras. No fim acabam comendo as próprias roupas e se devoram.

“Como nos sonhos, meu cinema é baseado na realidade, mas com associações invertidas. É um ato de subversão.”

Jan Svankmajer – Cineasta

E por aí vai a mente inquieta e surpreendente de Jan Svankmajer! Quer ver mais um? Aqui vai o curta “Darkness, Light, Darkness” (Escuridão, Luz, Escuridão):

Curta “Darkness, Light, Darkness” de Svankmajer

Liberdade de criação

Apesar de ter sofrido repressão por parte do regime político, Svankmajer foi um livre criador, como são os surrealistas em qualquer arte que se dediquem.

jan svankmajer cineasta surrealista tcheco

Sua obra foi considerada por alguns como grotesca e de mau gosto. Suas histórias criticadas por serem sombrias e bizarras. Mas o cineasta nunca deixou de produzir mantendo-se fiel a seus princípios surrealistas! E nos preceitos que tanto influenciaram a corrente surrealista em todo mundo que surgiram nos anos 20 com as investigações sobre o inconsciente dirigidas pelo psicanalista alemão Sigmund Freud.

“Para Freud havia dois princípios básicos: o da realidade e o do prazer. Sempre em combate constante dentro de cada pessoa.

Acredito que a criação artística e a liberdade estão intimamente relacionadas ao prazer, enquanto a realidade está ligada à repressão.

As crianças, por exemplo, são seres que vivem em liberdade absoluta. São a educação e a sociedade que as constrangem. Acredito que a criação artística tem a liberdade em si codificada. E me refiro à criação autêntica, não a comercial.”

Jan Svankmajer

Assista os filmes de Svankmajer no Youtube

Para conhecer o mundo de Svankmajer você pode assistir alguns de seus filmes que estão disponíveis gratuitamente no Youtube.

A seguir deixo minhas sugestões para começar a apreciar essa magnífica obra: A série de curtas “Dimensions of Dialogue”, o longa-metragem “Alice”.

DIMENSIONS OF DIALOGUE

 “Dimensions of Dialogue” (Dimensões do diálogo) de 1983, uma série de curtas-metragem. Nesta série o diretor monta um retrato da comunicação em três partes: 

  • Exhaustive Dimension: No primeiro vídeo a história de três cabeças (feitas de diversos materiais, entre frutas, peças de cozinha e material escolar) que se devoram infinitamente.
  • Passionate Discourse: O segundo filme retrata um casal e seus problemas para lidar com o produto de sua paixão.
  • Factual Conversation:No último vídeo atuam duas cabeças jogando uma variante bizarra do jogo pedra, papel e tesoura.

“Exhaustive Dimension”

“Passionate Discourse”

“Factual Conversation”

ALICE

Este foi o primeiro longa-metragem do cineasta, produzido em 1988, baseado no livro de Lewis Carrol. O filme cria uma Alice muito distinta da que conhecemos pelos clássicos da Disney.

“Tim Burton, a Disney, todos cometem o mesmo erro: interpretam o livro (Alice no país das Maravilhas) como se fosse um conto de fadas, com sua moral, e seu triunfo do bem sobre o mal. Eu, por outro lado, acredito que seja um sonho, onde o princípio triunfa do prazer sobre a realidade.”

Mais Jan Svankmajer?

Simplesmente fascinante! Se você se interessou e quer conhecer mais sobre este incrível personagem da Republica Tcheca deixo aqui o link para o canal de Jan Svankmajer no Youtube.

No canal você encontra filmes, entrevistas e muito mais. Deixo aqui uma pequena entrevista sobre seu último trabalho “Insects”.

Para conhecer mais artistas fascinantes como Jan Svankmajer, acompanhe as novas publicações todas às quintas aqui no blog.

Se preferir te avisamos por e-mail. Cadastre-se, é grátis.